E o vencedor do 11º Prémio CEGOC 2015 é…



Gostaríamos de louvar a qualidade dos trabalhos que se candidataram, que cada vez mais refletem o empenho e o rigor dos investigadores portugueses no desenvolvimento de instrumentos de avaliação/intervenção psicológica.

Após a análise detalhada de cada uma das obras e a correspondente apreciação crítica dos membros do júri (poderá consultar os critérios de avaliação no nosso texto ‘Prémio Cegoc – um desafio ao talento na construção de instrumentos psicológicos’), é com grande satisfação que comunicamos que este ano a escolha recaiu sobre o trabalho intitulado ‘TeLPI – Teste de Leitura de Palavras Irregulares’ dos autores Lara Alves, Mário R. Simões e Cristina Martins.

Segundo os autores “o TeLPI é um instrumento válido para estimar a inteligência pré-mórbida”, de indivíduos entre os 25 e os 91 anos. Trata-se de um instrumento de aplicação e cotação rápidas, que poderá ser utilizado na prática clínica e em contexto de investigação.

Convictos de que o TeLPI contribuirá de forma positiva e significativa para a avaliação neuropsicológica, gostaríamos de deixar aqui as nossas felicitações aos autores.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Escreva o que pretende e carregue na lupa para pesquisar