Livro do Mês: Aplicações da psicologia positiva


Com o ano de 2020 quase a acabar, escolhemos para Livro do Mês, o título “Aplicações da psicologia positiva – Trabalho e Organizações”, publicado pela Hogrefe CETEPP. Este livro, organizado por Claudio Simon Hutz e Ana Claudia Souza Vazquez, aborda primeiramente o que é a psicologia positiva no trabalho e nas organizações, dando um contexto sobre os seus fundamentos e aplicações antes de falar sobre a criatividade e inovação, compromisso e o desempenho individual.

Como refere Ana Claudia Souza Vazquez na Introdução do livro: “Evidências empíricas mostram-se cada vez mais robustas em demonstrar afirmativamente que a vida de significado e de preenchimento (ou vida plena, como alguns preferem denominar) está intimamente ligada a valores, emoções e atitudes positivas em relação ao que produzimos com o nosso trabalho.” (pág.5)

Neste sentido são, por exemplo, abordadas as diferenças entre a psicologia no trabalho e a psicologia nas organizações e a construção de um sistema saudável associado à psicologia positiva. 


Durante o mês de novembro de 2020, pode adquirir este título com 10% de desconto pelo nosso site ou por e-mail. Campanha válida até 30 de novembro e limitada ao stock existente. Despesas de envio gratuitas para o território português.

Encontre ainda outros títulos sobre Psicologia Positiva no nosso Catálogo de Livros de 2020, aqui.

Caso queira saber mais sobre a psicologia positiva, o autor Claudio Simon Hutz escreveu um artigo que pode consultar no nosso blog - aqui.


Conteúdo

Parte 1

O que é a psicologia positiva organizacional e do trabalho (PPOT)
1. A psicologia positiva organizacional e do trabalho (PPOT): fundamentos e aplicações.
2. O que é engajamento?
3. A saúde do trabalhador na perspetiva da psicologia positiva organizacional e do trabalho

Parte 2

A dinâmica das pessoas no trabalho e nas organizações segundo a psicologia positiva aplicada
4. Job crafting: a agência do indivíduo para mudanças positivas.
5. Criatividade e inovação como elementos da psicologia positiva: implicações para o contexto organizacional.
6. Esperança e autoeficácia como indicadores de criatividade: aspetos a considerar para avaliação.

Parte 3

Achados e aplicações práticas da psicologia positiva organizacional e do trabalho no Brasil
7. Trabalho com sentido: carreira profissional e engajamento no trabalho.
8. Engajamento no trabalho, comprometimento organizacional e desempenho individual: um estudo com profissionais de vendas brasileiros.
9. Florescimento no trabalho (flourishing): novo conceito, velho fenômeno.
10. Comprometimento e voz pró-social nas organizações e no trabalho à luz da psicologia positiva.
11. Interface positiva entre o trabalho e a família.


Sem comentários:

Publicar um comentário

Escreva o que pretende e carregue na lupa para pesquisar